Implante Capilar Funciona Mesmo? Quanto Custa?

Implante Capilar Funciona Mesmo? Quanto Custa?

A calvície é um problema capilar que atinge milhares de brasileiros todos os anos. E para evitar este tipo de situação, muitos deles acabam recorrendo ao implante capilar ou micro transplante capilar. Embora esta seja a opção mais efetiva e rápida, não é a mais barata.

Trata-se de uma cirurgia plástica que muda a posição os fios capilares de um lugar a outro na cabeça do paciente. O que acontece nesse procedimento é a realocação de folículos capilares independentes a áreas em que falta cabelo.

Como a área da frente da cabeça tem fios que funcionam como receptores da testosterona, eles se diferem em sua formação dos fios de outras regiões. Portanto, basta retirar os folículos laterais e posteriores e implantá-los na frente da cabeça para que a cirurgia dê certo.

Como eles mantêm as características de formação, não vão sofrer a ação hormonal, não serão rejeitados e, por isso, não vão cair. Devido a isto, esta alternativa é tão escolhida pelos calvos.

O Que é o Implante Capilar e Como Ocorre a Calvície? 

O implante de cabelo é uma técnica de realocação de fios capilares, sem predisposição para calvície, para a região da cabeça que está calca. Este tipo de procedimento é a única solução definitiva para quem sofre de calvície hereditária.

Antes o implante capilar era um procedimento muito artificial e que nem sempre agradava ao paciente. A cirurgia era efetuada a partir da retirada de mechas concentradas de cabelo de partes mais cabeludas e colocadas em outras partes mais carecas da cabeça.

Como estes tufos de cabelo eram implantados com certa distancia uns dos outros, o efeito era de um cabelo bem espaçado e artificial, resultando no “cabelo de boneca). Porém, com o avanço das tecnologias nessa área, tudo foi modificado.

Hoje o transplante, implante ou micro implante retira apenas uma faixa do couro cabeludo, analisa e separa os folículos e depois os coloca um a um na parte da frente da cabeça.

A calvície não é uma simples queda de cabelo, mas sim um problema que deve ser tratado e solucionado. Este problema acontece quando os fios começam a diminuir, perder a força e se tornam bem pequenos e quase imperceptíveis.

Implante Capilar Funciona Mesmo? Quanto Custa?

Diferente do que acontece quando você perde cabelos por causa do stress, químicas ou qualquer outro fator externo, que caracterize no caimento dos fios capilares. A testosterona e a di-hidrotestosterona (DHT) são os principais agentes que vão desencadear a calvície em uma pessoa que já pré-disposta a esse mal geneticamente.

O que ocorre é que se o cabelo não está bem distribuído no couro cabeludo e os receptores hormonais se encontram desordenados, facilita para que o DHT desencadeie a perda de cabelo. Por isso que o transplante capilar vai trabalhar com a reorganização dos fios.

Ele retira os folículos de um lugar e os transporta para o local onde ocorreu a miniaturização do cabelo, porque lá eles não sofreram nenhuma interferência hormonal ou passaram por um processo de diminuição.

Como é Feito o Implante Capilar?

Os implantes de cabelo atuais são bem tecnológicos e avançados. A técnica é feita a partir da retirada de uma camada do couro cabeludo e recolocada na parte onde tem falhas. A quantidade de fios retirados vai depender, principalmente, do tamanho da cabeça do paciente e da elasticidade do couro cabeludo.

Geralmente, os números de faixas retiradas vão de 1,5 a 2 cm de largura. Ao terminar o implante, os cabelos caem. Porém suas raízes ficam. Desta forma, o cabelo vai crescer normalmente nos próximos meses.

Técnicas de Implante Capilar

Existem duas técnicas de implantar cabelo. A FUT, que transporta unidades foliculares e a FUE, que extrai unidades foliculares. A primeira é o modo mais convencional, feito através de cortes no couro cabeludo. Já a segunda é a mais moderna, que não deixa cicatriz. O que as diferencia é como os folículos são retirados.

Implante Capilar Funciona Mesmo? Quanto Custa?

Para realizar a cirurgia FUT, retira-se uma faixa de cabelo da nuca e a divide em fatias bem finas (slivers), com a ajuda de microscópios ultra tecnológicos. Depois estes pedaços pequeninos de cabelo são transformados em unidades foliculares para serem implantados.

Já na FUE, a unidade folicular é diretamente removida do couro cabeludo. Após a extração, ela é levada ao microscópio para ser separada. Portanto a diferença está apenas no modo de conseguir a unidade folicular. No segundo caso, a extração é bem mais rápida. Depois de todo esse processo, os folículos são implantados no couro cabeludo da região calva através de minúsculas incisões.

A quantidade de cirurgias necessárias vai depender da densidade capilar que o paciente contem em cada centímetro do seu couro cabeludo. Quanto mais cabelo por cm² menos cirurgias serão necessárias para cobrir a calvície e menos cabelo será retirado da área doadora. 

Em um procedimento FUE, a calvície de nível 6, por exemplo, vai precisar de no mínimo 2 cirurgias. Para realizar este tipo de cirurgia são recomendados, preferencialmente, médicos cirurgiões plásticos, pois eles são os profissionais que possuem conhecimento neste tipo de procedimento.

Além disso, são feitas medidas antes e depois da operação para que tudo dê certo.

  • Procedimento pré-operatório:

São pedidos exames básicos, requisitados em qualquer outro tipo de cirurgia. Se o procedimento for o FUT, não será necessário nenhum preparo fora do comum. Porém, se for a técnica FUE, será necessário raspar todos os cabelos da região de onde os folículos serão retirados.

  • Procedimento pós-operatório:

Depois que o paciente passa pela cirurgia, um spray fixador é aplicado em seus cabelos. Como é preciso que nada seja colocado sobre a região onde os fios serão fixados, nenhum curativo pode ser feito na parte em que foi feito o corte.

No dia seguinte, o paciente tem que voltar a clínica para lavar o cabelo. Ele sofre algumas restrições durante 15 dias, como: evitar piscinas, sol, atividades físicas e ter muita cautela ao lavar os fios.

Depois desse prazo, os fios transplantados caem e ele está totalmente liberado.

Se os trabalhos executados, seguindo as técnicas atuais, forem bem feitos o trabalho terá resultados bem positivos. As unidades foliculares precisam ser implantadas com fios de 1 a 4 bem próximos um dos outros, para que o efeito seja satisfatório e natural.

Desta forma, será mantido o formato natural do cabelo do paciente, mantendo as “entradas” comuns aos homens e deixando os cabelos na direção mais propícia para o indivíduo.

Uma cirurgia de transplante capilar costuma durar cerca de 6 a 8hs e não oferece nenhum tipo de dor ao paciente. Geralmente, o implante é feito com sedação e anestesia local, portanto o paciente não sente nada. Pode ser recomendada a ingestão de analgésicos como dipirona e paracetamol até 2 dias depois da cirurgia.

Implante Capilar Funciona Mesmo? Quanto Custa?

A técnica FUE é ótima por não deixar cicatrizes visíveis. Como fazem apenas pequenas incisões, é deixado apenas micro marcas de pontinhas no couro cabeludo que são imperceptíveis. Portanto, pessoas que usam o cabelo bem curtinho podem se beneficiar muito desta técnica, porque não terá cicatrizes profundas a mostra.

Porém o processo é bem trabalhoso. É preciso que o paciente raspe a cabeça se o fio estiver comprido, pois as ferramentas não poderão incidir corretamente sobre o couro cabeludo com fios tampando. Como o equipamento é muito pequeno, cerca de milímetros, qualquer fio comprido atrapalhará a cirurgia.

Estas técnicas são completamente definitivas, portanto os resultados são certos. O cabelo transplantado não cai, a não ser por fatores externos ou por doenças. Como câncer, doenças no couro cabeludo ou quimioterapia. Em casos como estes, não só o cabelo transplantado vai cair, como também todos os fios das outras regiões.

Uma técnica FUE bem feita é capaz de até de confundir um bom cabeleireiro, que chega ficar com dúvida sobre a procedência do cabelo: se é natural ou implante. Como não há marca de cicatrizes, não tem como saber se foi feita alguma cirurgia capilar.

Ambas as técnicas de implantação de cabelo podem ser mescladas a fim de melhores resultados. Uma vez que uma completa a outra, sem causar maiores danos à saúde do paciente. Isso acontece, porque uma técnica pode funcionar melhor em uma área e a outra técnica vai ter resultado mais positivo em outro local. 

O resultado começa a ser notado depois de 3 a 4 meses, quando os fios começam a crescer. Porém o resultado final e completo é notado ao fim de 1 ano após a cirurgia.

Quando Recorrer ao Procedimento de Implante Capilar?

Não há uma idade ou tempo específico definido para recorrer ao procedimento. Os pacientes calvos, geralmente, procuram o implante capilar quando já estão sofrendo grandes perdas de cabelo, geralmente a partir dos 40 anos, mas isto depende, pois existem muitos casos de homens que ficaram completamente calvos aos 30 anos.

O que se pode afirmar é que quanto mais cedo o processo for iniciado, menos danos serão sofridos.

Implante Capilar Funciona Mesmo? Quanto Custa?

As pessoas que percebem a calvície no início e recorrem ao transplante de cabelo, não chegam a vivenciar “como é ser careca”. Mas cuidado! Pessoas com menos de 20 anos não podem ser submetidos ao tratamento, sem antes consultarem com dermatologistas ou comprovarem que trata-se de um problema bem avançado.

Se você sofre deste problema e não gosta da sua imagem toda vez que se olha no espelho, pode ser interessante consultar seu dermatologista para avaliar seu caso para uma possível cirurgia. Mas prepare o bolso, pois este tipo de procedimento geralmente ultrapassa os 5 mil reais e varia caso a caso, mas não se preocupe, pois no final deste artigo vou lhe passar uma excelente alternativa para que você não precise fazer um implante capilar tão cedo.

O implante capilar pode ser feito em qualquer pessoa que sofra de queda de cabelo hereditária e que queira que os cabelos voltem para a região calva. Só é preciso, antes de tudo, consultar um especialista que informe como está a situação, se já é um processo avançado ou se está no começo e fazer todos os exames necessários antes do procedimento.

Isto é importante, pois os profissionais gostam fazer a cirurgia em pacientes com a calvície estabilizada.

Quais São os Custos da Cirurgia?

Conforme informei anteriormente, o custo é um fator bem relevante quando o assunto é transplante capilar. As cirurgias vão variar de acordo com diversos fatores como o estágio da calvície, tipo de clínica ou médico, dentre outras diferenças. O preço pode custar de R$5mil a R$15 mil.

Mas antes de escolher como, onde e quando fazer a cirurgia, fique atento a essas dicas:

  1. Os planos de saúde costumam cobrir cirurgias plásticas reparadoras. Portanto se sua calvície for fruto de algum trauma, acidente ou doença, pode ser que você consiga cobertura do plano para realizar o procedimento. Mas tudo será julgado pelo seu convênio médico, se ele considerar a sua cirurgia um procedimento estético, pode dar adeus à cobertura.
  2. Uma cirurgia estética não é sinal de vaidade extrema ou futilidade. A autoestima da pessoa é essencial para o seu desenvolvimento psicológico. Sentir-se mais belo e melhor, pode melhorar vários aspectos da vida.
  3. Muitos tratamentos oferecidos contra a calvície são temporários e muitos dele bem caros. Dependendo do caso, pode ser mais vantajoso gastar bem mais numa correção definitiva do que em procedimentos não duráveis.
  4. Antes da cirurgia, pergunte tudo ao seu médico. Esclareça todas as duas dúvidas e não esconda nada do seu médico, pois ele é a pessoa que mais pode te auxiliar neste quesito.
  5. Se informe sobre o cirurgião plástico que tratará do seu caso, se é mesmo especialista, sua formação, tempo de trabalho ou suas experiências com este tipo de procedimento. Além disso, procure opinião de outros pacientes do médico que possa te auxiliar e tranquilizar quanto à cirurgia.
  6. Conheça o espaço onde será feita a cirurgia, os aparelhos usados e saiba de todos os riscos que estará correndo. Lembre-se que é um procedimento operatório e envolve riscos como qualquer cirurgia.
  7. Como a calvície é um problema evolutivo, você precisará de todo suporte necessário para que o procedimento cirúrgico seja um sucesso e talvez de um apoio psicológico devido a grande mudança de visual pós-cirurgia. Portanto cumpra todos os requisitos pós-operatórios.

Soluções Alternativas Que Recomendamos

Com a tecnologia avançada que temos neste momento, felizmente já temos boas soluções para evitar ao máximo um implante capilar, só deixando esta opção para um último caso, face aos riscos de uma cirurgia e o incômodo pós-operatório que é muito grande, conforme falamos no artigo.

A primeira solução que recomendamos se chama: Follixin

O Follixin é um suplemento 100% natural a base de vitaminas específicas que combatem a queda de cabelo e faz seu cabelo crescer de volta.

O Follixin é realmente um produto diferenciado no mercado e já se tem milhares de homens e mulheres em todo o Brasil que vem utilizando e tendo sucesso com o produto.

Acesse Aqui e Conheça Mais Sobre o Follixin <<<

Assista também ao vídeo abaixo, onde explico em detalhes o que é o Follixin e quais as vantagens de você utilizar este produto:

————————————————————————————————–

Já a nossa segunda recomendação é o Programa de Reconstrução Capilar.

Este programa de reconstrução capilar (PRC) surgiu da necessidade do Jânio Fagundes, que é uma pessoa normal como eu e você, onde ele fez vários testes com um renomado programa contra queda de cabelos vindo dos Estados.

Ele resolveu implementar este programa de reconstrução capilar e conseguiu imlogo-PRCenso sucesso. Face a isto, resolveu disponibilizar este conhecimento na internet para que qualquer pessoa com problema de queda de cabelos, também possa resolver isto.

Já existem uma imensa  quantidade de pessoas que já estão tendo resultados espressivos após seguir as recomendações de tratamento deste programa.

O conceito do PRC consiste em te ensinar a consumir alimentos que que ativarão as substâncias no seu corpo que farão com que seus cabelos parem de cair e voltem a nascer novamente.

Para conhecer mais detalhes do Programa de Reconstrução Capilar, acesse esta página.

Gostou do artigo? Recomende para seus amigos e deixe seu comentário. Isto é muito importante para fazermos crescer esta comunidade.

Um abraço e nos falamos em breve,
Charles Silva

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios devem ser preenchidos *

*